Boas-vindas e Contadores

Este Blog já está em sua terceira versão! Aqui eu me sinto à vontade para ser eu mesma e escrever sobre qualquer coisa que povoe a minha mente. É onde eu desabafo, reflito, compartilho experiências e descobertas, mantenho registro de momentos felizes e de desafios superados, guardo um arsenal de boas memórias, pensamentos e reflexões para me ajudarem nos dias difíceis... Sejam bem-vindos e não pisem na grama, rs... Ah! Se quiser trocar ideias e compartilhar experiências, visite a Página no Facebook, que é uma extensão deste Blog (e acho que os recursos são melhores para todo mundo acompanhar e palpitar)!

sábado, 18 de janeiro de 2014

My Shoes...


"I had the blues because I had no shoes until upon the street, I met a man who had no feet." (Denis Waitley)

Li recentemente em um artigo budista: Não importa quem você seja, quão rico seja, quantos filhos tenha, todos temos algum problema na vida”... Basta olharmos à nossa volta para aceitarmos isso como verdade. Afinal, acredito que não estamos aqui a passeio. A vida é maravilhosa, mas também enfrentamos desafios que, muitas vezes, nos parecem maiores do que podemos lidar... 
Acredito que cada pessoa é única, com seus talentos, suas características, sua história, seus valores e suas dificuldades. Por conta disso, não acho as comparações corretas.... Mas elas podem nos servir de inspirações e dicas. 

 

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Biofeedback

Eu tive a grata oportunidade de fazer 8 sessões de Biofeedback por conta da empresa em que trabalho. A médica do trabalho assistiu a uma palestra sobre esta técnica e direcionou 2 profissionais com histórico de ataques de pânico para testar na prática.

"O tratamento de biofeedback é simplesmente o retorno imediato da informação sobre processos fisiológicos através de aparelhos sensórios eletrônicos. É realizado o monitoramento da frequência cardíaca, da temperatura periférica, da resposta galvânica da pele, da tensão muscular, da pressão arterial e da atividade cerebral. O uso de equipamento eletrônico sensível amplia e transforma as reações fisiológicas em sinais de luz e som. O treinamento inclui diferentes métodos de conscientização e relaxamento, como técnicas musculares, respiratórias, autogênicas e cognitivas. O método permite à pessoa voluntariamente regular suas reações fisiológicas e emocionais. Quando a pessoa aprende a relaxar e a modificar seus processos fisiológicos, ensina sua mente a controlar o corpo e assim regula o seu estado físico e emocional. Praticamente todos os processos fisiológicos podem ser regulados através do uso de biofeedback." 

Eu fiz a minha primeira sessão de Biofeedback em 05/09/2013 com a Dra. Regina. Eu sempre tive dificuldade em realizar meditação, já me aventurei em 2 aulas experimentais de Yoga e não tive muito sucesso. Foi fantástico poder visualizar no computador a resposta do meu corpo aos exercícios de respiração e relaxamento. 
Gostei tanto que comprei o aparelho e os softwares no site http://www.wilddivine.com/! A minha querida amiga Alice recebeu em sua casa, no Canadá, e trouxe para mim em Dezembro. 
O aparelho que eu comprei monitora os itens abaixo relacionados. Coloquei no final uma figura exemplificando os gráficos e indicadores que o software mais simples, o Grapher, gera (e é a base para os demais aplicativos, que são exercícios guiados e jogos):


  • Frequência Cardíaca (bpm): pode ser visto no gráfico superior, sendo que o eixo horizontal representa o tempo e o eixo vertical representa a frequência cardíaca no momento. Os pontos amarelos representam quando ocorreu cada batida do coração.
    Durante o exercício, é possível ver que a frequência cardíaca acompanha os 4 movimentos da respiração (inspirar, segurar o ar, expirar e manter o pulmão vazio).
    Note que a minha respiração normalmente é curtinha e bem irregular (como mostra no início do gráfico) mas, com o exercício, vai ficando mais uniforme, gerando estas ondas (como mostra no final do gráfico).


  • Taxa de Coerência (%): Este é o principal indicador de ansiedade e pode ser visto no gráfico central, que representa com cores a taxa de coerência ao longo do tempo. Trata-se de uma medida relacionada à sincronia e coerência entre a respiração, a frequência cardíaca e o fluxo / pressão sanguíneos.
    É utilizada uma escala de 5 cores e suas variações, partindo das cores quentes (vermelho > laranja > amarelo) que indicam um estado de ansiedade para as cores frias (verde > azul) que indicam um estado de equilíbrio.
    Nas pessoas ansiosas, em média, a coerência é de 19%, segundo a minha médica...
    Na minha primeira consulta, a coerência cardíaca basal foi de 16%, mas notem que a minha média neste exercício realizado no dia 01/01/2014 foi de 45% (indicador no canto esquerdo). É possível acompanhar em tempo real esta informação durante o exercício.
    Durante a meditação, a coerência pode chegar a 100%. Eu já consegui chegar em 93% até hoje, durante os meus exercícios.

  • Resposta galvânica da pele (GSR) / Skin Conductance Level (SCL), em uMho: mede a atividade elétrica das glândulas que produzem suor nas palmas das mãos e pontas dos dedos, mais sensíveis às emoções e pensamentos. Esta informação pode ser vista no último gráfico. Este indicador é muito usado na aprendizagem do relaxamento em geral e para ajudar a identificar as situações que causam stress e ansiedade.  A minha médica disse que mantém os pacientes ligados no aparelho durante a sessão de terapia e consegue identificar os momentos de tensão, ainda que a própria pessoa não tenha esta percepção consciente.
    Eu tenho hiperidrose e, por mais que isso seja uma condição física, não imaginava o quanto era possível controlar com o emocional... só notei realmente durante as sessões de Biofeedback.
    Altas taxas de SCL indicam a ativação do sistema nervoso autônomo, que está associado com alta energia (positiva, como excitação ou negativa, como medo).
    Um dos aplicativos, pelo pouco que eu pude ver, utiliza este indicador para verificar o nível de energia com relação a cada um dos aspectos da vida, como saúde, relacionamento, família, profissão, etc.
    A minha médica também comentou que costuma realizar as sessões de terapia de seus pacientes conectados no dispositivo, para verificar as menores reações do corpo aos assuntos, mesmo quando isso está inconsciente ao paciente... isso ajuda bastante na aceleração da terapia, segundo ela.

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...