Boas-vindas e Contadores

Este Blog já está em sua terceira versão! Aqui eu me sinto à vontade para ser eu mesma e escrever sobre qualquer coisa que povoe a minha mente. É onde eu desabafo, reflito, compartilho experiências e descobertas, mantenho registro de momentos felizes e de desafios superados, guardo um arsenal de boas memórias, pensamentos e reflexões para me ajudarem nos dias difíceis... Sejam bem-vindos e não pisem na grama, rs... Ah! Se quiser trocar ideias e compartilhar experiências, visite a Página no Facebook, que é uma extensão deste Blog (e acho que os recursos são melhores para todo mundo acompanhar e palpitar)!

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Mensagens de Cáritas

A Prece de Cáritas é muito conhecida e eu adoro... mas procurei por outros textos de mesma autoria e compartilho aqui com vocês, para reflexão. Incrível como podem ser tão antigas e, ao mesmo tempo, tão atuais... <3 p="">

Como servir a religião espiritual
CÁRITAS. Psicografado por Madame Krell em Setembro de 1874. Do livro "Reflexos da Vida Espiritual", M. Krell,1a. Edição, Ed. CELD (2002).

Progresso, apesar de tudo, progresso lento, porém, seguro, pois tudo tem direito à perfeição.

Sua Terra experimenta nessa época uma crise da qual é fácil prever a saída. O progresso que deve conduzir o homem ao amor perfeito começa pelo amor próprio, amor material, primeiramente, e, espiritualizando-se, santificando-se com o desenvolvimento do ser espiritual, e terminando pelo amor universal!

É preciso, pois, que as crenças que estão destinadas a dirigir, as crenças que são o mentor da humanidade, sejam cada vez mais puras e de acordo com o progresso que se opera a cada dia.

É preciso que uma religião ensine as virtudes que ainda não são praticadas, é preciso que ela ensine aos homens a se elevarem mais.

Nesse século todo de egoísmo, todo consagrado ao bem estar material, é preciso trazer os primeiros princípios da religião espiritual do futuro e tentar apagar a palavra egoísmo, com a palavra devotamento. Eu disse religião, religião espiritual, cujo templo será o pensamento, do qual a verdade e o amor serão os sustentáculos.

Essa religião tem necessidade de fundadores e de propagadores que deverão dizer aos homens: "Vocês são espíritos e o futuro espiritual os espera!"

Espíritas, tal é a sua tarefa, mas dizer não basta, é preciso provar. Vocês provarão de duas maneiras: primeiro, pelas suas relações com aqueles que estão de posse dessa vida espiritual, e que, já adiantados, podem dar conselhos sobre sua própria experiência; mas vocês provarão, talvez ainda melhor, pelo trabalho de aperfeiçoamento que efetuarão sobre si mesmos.

Toda religião, toda crença verdadeira, todo progresso tiveram seus mártires nos primeiros adeptos que fizeram. Hoje, entretanto, a destruição da carne não é mais necessária para afirmar uma convicção. Venho muito simplesmente, ou melhor, nós viemos encaminhá-los suavemente nesse caminho de sacrifício que se efetua, quase sem perceberem, e sem se ocuparem de si, tão grandes devem ser a renúncia e o devotamento. Venho dizer-lhes: "Espíritas, vocês centuplicarão suas forças aperfeiçoando-se, pois servirão de tocha, quando estiverem iluminados".

Espíritas, compreendam essa palavra do Cristo tão freqüentemente comentada, tão pouco praticada: "Ama o Senhor teu Deus e teu próximo como a ti mesmo!" Sejam unidos, amem-se, e sua bandeira será sempre correta, e verão se arrumar na sombra de suas dobras um exército, exército de trabalhadores e de irmãos!





A esmola espiritual
CÁRITAS. Psicografado por Madame Krell a 2 de Novembro de 1874. Do livro "Reflexos da Vida Espiritual", M. Krell,1a. Edição,  Ed. CELD (2002).

Deem, deem sua esmola de compaixão, a compaixão conduz à ternura, da ternura à caridade o passo é curto.

Deem, deem o sentimento tão doce que se chama misericórdia, a misericórdia conduz ao amor, e o amor é o mais rico diamante do escrínio do Criador.

Deem, hoje como sempre e sempre como hoje, pois as lágrimas correm todos os dias, os corações sangram, as almas sofrem e, frequentemente, se desesperam!

Deem, deem sem pesar e bebam com as mãos cheias no tesouro espiritual, nesse tesouro inesgotável que aumenta quando dele se toma.

Deem, ó meus irmãos, deem com as duas mãos e de todas as maneiras; deem o bom conselho, deem a proteção, quando puderem, deem o apoio, deem a instrução espiritual, deem essa esmola moral que vale mais do que todas as outras, a do coração, a do pensamento!

Deem, sem muito se perguntarem, se aquele que recebe é digno da sua caridade; lembrem-se de que os frutos da caridade são algumas vezes tardios, que o verdadeiro devotamento não conta sobre o fruto, quando ele planta o caroço ou quando se tira mudas do arvoredo.

Deem e amem verdadeiramente, quer dizer, com a alma! Elevem seu pensamento acima do nível comum da vida, quer dizer, amem em Deus, como ele e com ele!

Santifiquem sua esmola, unindo-a ao amor que os transporta ao Criador! Toda criação é sua pátria, toda a humanidade terrestre é sua família, generalizem e aumentem, pois, o sentimento do qual eu lhes falo, espalhando-o sobre todos!

Deem, deem muito, e muito lhes será devolvido em luz, em inteligência, em felicidade!

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

domingo, 13 de outubro de 2013

domingo, 6 de outubro de 2013

Luísa, fase Minnie

A Luísa está na "fase Minnie" agora... 
Na verdade, ela adora a "Casa do Mickey Mouse"! Todos os dias, ao chegar da escola, pede para que eu coloque este desenho. Seus episódios favoritos são "O Aniversário da Minnie" e "O dia da Amizade". Até eu já decorei as falas... kkk!
O tema de seu aniversário de 3 aninhos será... tchan-tchan-tchan-tchan... a Minnie, rs!





quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Ísis, 1 aninho!!!

Parabéns, pequenina, pelo seu primeiro ano de vida!
Obrigada por sua companhia, por sua alegria e ternura... 
Nós te amamos demais!!!! 


domingo, 8 de setembro de 2013

Family in wheels....

Estreia das meninas nas bikes... Ciclofaixa hoje. Muito bom!!!
Eu e o Luis, finalmente, retomando o esporte da época em que éramos somente um casal... =)



Celebration!







Minha querida Ísis, que você nunca perca o hábito de celebrar suas conquistas, por menores que possam parecer!

Te amo, minha bebê sorriso!

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Dia dos irmãos, 5 de Setembro

Não poderia deixar de postar esta montagem tão linda feita pela minha irmãzinha!
Minhas irmãs queridas (Vivi, Lucy e Lili), obrigada pela amizade e companhia desde os meus primeiros dias de vida! Amo vocês! Agradeço a Deus por ter me dado presente tão maravilhoso...


domingo, 25 de agosto de 2013

Ísis, 11 meses de alegrias!


Meu refúgio...

Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará.
Direi do Senhor: Ele é o meu Deus, o meu refúgio, a minha fortaleza, e nele confiarei.
Porque ele te livrará do laço do passarinheiro, e da peste perniciosa.
Ele te cobrirá com as suas penas, e debaixo das suas asas te confiarás;
A sua verdade será o teu escudo e broquel.
Não terás medo do terror de noite nem da seta que voa de dia,
Nem da peste que anda na escuridão, nem da mortandade que assola ao meio-dia.
Mil cairão ao teu lado, e dez mil à tua direita, mas não chegará a ti.
Somente com os teus olhos contemplarás, e verás a recompensa dos ímpios.
Porque tu, ó Senhor, és o meu refúgio. No Altíssimo fizeste a tua habitação.
Nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará à tua tenda.
Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos.
Eles te sustentarão nas suas mãos, para que não tropeces com o teu pé em pedra.
Pisarás o leão e a cobra; calcarás aos pés o filho do leão e a serpente.
Porquanto tão encarecidamente me amou, também eu o livrarei;
Pô-lo-ei em retiro alto, porque conheceu o meu nome.
Ele me invocará, e eu lhe responderei; estarei com ele na angústia; dela o retirarei, e o glorificarei.
Fartá-lo-ei com longura de dias, e lhe mostrarei a minha salvação.

Salmos 91:1-16

domingo, 18 de agosto de 2013

O Senhor é o meu pastor...

O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará.
Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranquilas.
Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome.
Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam.
Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda.
Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na casa do Senhor por longos dias.


Salmos 23:1-6

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Prece de Cáritas

Deus, nosso Pai, que sois todo Poder e Bondade, dai a força àquele que passa pela provação, dai a luz àquele que procura a verdade; ponde no coração do homem a compaixão e a caridade!

Deus, dai ao viajor a estrela guia; ao aflito, a consolação; ao doente, o repouso.

Pai, dai ao culpado o arrependimento; ao espírito, a verdade; à criança, o guia; ao órfão, o pai!

Senhor, que a Vossa Bondade se estenda sobre tudo o que criastes.
Piedade, Senhor, para aquele que vos não conhece, esperança para aquele que sofre.
Que a Vossa Bondade permita aos espíritos consoladores derramarem, por toda a parte, a paz, a esperança, a fé.

Deus! Um raio, uma faísca do Vosso Amor pode abrasar a Terra; deixai-nos beber nas fontes dessa bondade fecunda e infinita.
E todas as lágrimas secarão, todas as dores se acalmarão. E um só coração, um só pensamento subirá até Vós, como um grito de reconhecimento e de amor.

Como Moisés sobre a montanha, nós Vos esperamos com os braços abertos, oh Poder!, oh Bondade!, oh Beleza!, oh Perfeição!
E queremos, de alguma sorte, merecer a Vossa Divina Misericórdia.

Deus, dai-nos a força para ajudar o progresso, afim de subirmos até Vós; dai-nos a caridade pura, dai-nos a fé e a razão; dai-nos a simplicidade que fará de nossas almas o espelho onde se refletirá a Vossa Divina e Santa Imagem.

Assim Seja.

 

A prece de Cáritas foi psicografada na noite de Natal, 25 de dezembro, do ano de 1873, ditada pela suave Cáritas. Todas as mensagens que Mme. W. Krell psicografada em transe, e, que chegaram até nós, encontram-se no livro Rayonnements de la Vie Spirituelle, publicado em maio de 1875 em Bordeaux (França), inclusive, o próprio texto em francês (como foi transmitido) da Prece de Cáritas.

domingo, 11 de agosto de 2013

O lado doce...

É engraçado como, às vezes, uma coisa boa pode se tornar uma preocupação em nossa mente agitada. Eu tenho os meus altos e baixos - mas, graças a Deus, pareço estar em uma curva ascendente! Há dias em que fazer as malas das meninas para enviar à escola parece ser um desafio enorme... em outros, parece que eu sou a mulher mais eficiente do mundo, que consegue equilibrar todos os pratinhos, em um malabarismo próprio das mães!

Eu estava enfrentando uma situação complicada no serviço nas últimas semanas e andava meio preocupada com a viagem que havia marcado para o Dia dos Pais, me sentindo um pouco culpada por não sair com o meu próprio pai neste dia, preocupada com a Ísis (que vinha tendo febre desde a terça-feira, chegando a 39.7ºC)...


Na quinta à noite, o Luis foi levar os nossos cachorros para a casa da minha mãe, junto com a Luísa e eu levei a Ísis ao Hospital. Depois do diagnóstico (otite), fui procurar uma farmácia aberta e cheguei em casa quase meia-noite. Aí é que eu fui tomar banho e começar a fazer as malas para a viagem. Quando fui para cama, o relógio já marcava quase 3h da manhã. No dia seguinte, havia combinado de chegar ao escritório às 7h, para terminar um trabalho junto ao consultor (cujo carro estaria em rodízio), pensando em sair mais cedo do trabalho no final do dia, para me preparar para a viagem com mais tranquilidade. Acabei saindo do serviço passando das 17h, cheguei em casa às 19h... A minha sogra havia ficado com a Ísis, que ainda não estava muito bem, e a Luísa quis ficar junto. O Luis chegou do trabalho por volta das 20h, colocamos todas as coisas no carro (brincando de Tétris), levamos minha sogra em sua casa e pegamos a estrada, enfrentamos 2 acidentes no caminho, nos perdemos seguindo o GPS, e chegamos no Hotel em Águas de Lindóia quase 1h da manhã... Fomos tentar arranjar algo para comer (cachorro quente de uma barraquinha, pois o horário do jantar já havia acabado e até o bar do Hotel já estava fechado), arrumei as coisas no quarto e acabei indo dormir por volta das 3h, novamente!
Ao me deitar na cama do hotel aquela noite, eu decidi que iria aproveitar esta viagem, que iria esquecer tudo o que tinha ficado me esperando no trabalho e aproveitaria ao máximo os momentos com a minha família e amigos! E foi o que fiz... e foi tudo maravilhoso!!!

Eu e a Fernanda conversamos muito, as meninas se divertiram demais, eu e o Luis namoramos bastante, comi algodão doce, sentei na grama, dei comida para gansos, pulei na cama elástica com as crianças e como criança, fiz hidroginástica, "nadei" na piscina infantil, de quatro, junto com as meninas, dancei... e me diverti muito!







Farra na piscina



Vejam só a farra que nossas meninas fizeram na piscina do Hotel, neste final de semana: Natália (3 anos e 3 meses), Luísa (2 anos e 8 meses) e Ísis (10 meses).

A Ísis usou a boia como andador, super independente... e queria brincar junto com as meninas maiores.

A Natália e a Luísa se divertiram até... a Nati até aprendeu a mergulhar, parecia um peixinho!!!

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Dia das avós - Presentão

A minha mãe ganhou um presentão neste dia das avós, 26/07: a netinha Letícia, que veio completar a família!
4 filhas + 5 netinhos = Muitas alegrias!


Letícia nasceu!!!

A minha linda sobrinha Letícia, filha da minha irmã caçula, Lilian, nasceu no dia 26/07/2013!
Estamos imensamente felizes com a chegada da pequena! A família está em festa!

segunda-feira, 8 de julho de 2013

Hotel do sossego...

Feriado em família.... 
Como disse a Gabi, convencendo seu pai para que pudesse ficar também: "realizando o sonho da Vovó Neide, com os 4 netinhos dormindo em sua casa, pela primeira vez"!
Em breve, teremos a Letícia também.... 

quarta-feira, 19 de junho de 2013

Só a ponta do iceberg...

Depois de todos os protestos, a tarifa do ônibus em São Paulo volta a custar R$ 3,00... mas esta é apenas a ponta do iceberg: o aumento de R$ 0,20 (6,33% abaixo da inflação do período) foi apenas a gota d'água, que levou os brasileiros às ruas para protestar. Um senso de indignação generalizado, de quem já tolerou demais, já sofreu demais...

Apesar de não ter participado de nenhuma das manifestações dos últimos dias (e de ainda ter fugido, para não ficar presa no trânsito, sem conseguir buscar minhas meninas na escola), eu acho que este tipo de mobilização popular é muito importante (apesar dos atos de violência e vandalismo que, infelizmente, quase sempre estão presentes).
Só tenho medo de que não tenhamos clareza sobre o que estamos defendendo. Será que agora o movimento vai parar? Há tantas reivindicações mais importantes! 

Precisamos de escolas e hospitais no "padrão FIFA" e não de estádios de futebol ou arenas olímpicas, superfaturadas e que depois ficarão abandonadas ou serão destruídas.
Precisamos de governantes que se preocupem com o nosso país, com os brasileiros, não com a próxima eleição, compra de votos, patrocínios e atos corruptos.
Não queremos assistencialismo, queremos boa educação, bons empregos, boa infraestrutura, transporte público decente, segurança, bons hospitais, aposentadoria justa, crescimento sustentável...
Não sou contra a privatização, sou contra os cabides de empregos, os salários absurdamente altos, as regalias e extravagâncias, as aposentadorias integrais para poucos, a estabilidade sem esforço, a ineficiência na utilização do dinheiro público, os impostos e preços absurdos...

Nunca gostei muito de Política e, muito menos, dos políticos. Estou cansada da falta de opções nas eleições... Precisamos de pessoas de bem na liderança do país: idealistas, empreendedores, engenheiros, educadores, administradores, economistas. Precisamos de soluções criativas, precisamos de eficiência, precisamos fazer mais com o mesmo (ou com menos).
Ser político deveria ser uma missão, um sonho, uma vocação. Estes cargos deveriam ser ocupados por pessoas com o real desejo de melhorar o país. Eu concordo com uma tia minha, que diz que os políticos deveriam ter seu salário definido como no cálculo da aposentadoria pelo INSS - com base no salário que recebiam na profissão de origem, nos últimos x anos, para que pudessem manter o mesmo padrão de vida, mas de uma forma que não faria com que os benefícios financeiros fossem o maior atrativo destes cargos. Além disso, precisamos ter "tolerância zero" à corrupção!

Mas nós, cidadãos, precisamos também fazer a nossa parte! Para acreditar que o Brasil, de fato, "acordou", queria ter a certeza de que, entre os milhares de manifestantes ao redor do país, incluindo muitos amigos meus, não estão incluídas pessoas que:
- sonegam impostos;
- jogam lixo nas ruas;
- picham os muros e depredam a cidade;
- ignoram as leis de trânsito (sendo o que for: motoristas, pedestres, ciclistas, motociclistas, taxistas...);
- subornam o guarda, o fiscal ou qualquer outro serviço público;
- levam o cachorro para passear e não recolhem o cocô;
- votam em Tiririca, Netinho, Clodovil & cia... em um suposto ato de protesto, esquecendo-se de que eles terão os mesmos salários dos demais e estão, geralmente, despreparados para as funções que deveriam exercer;
- acham natural a necessidade de cotas para as universidades públicas, tentando mascarar a falta de qualidade do ensino fundamental e médio, ignorando que isso só levará ao declínio também de nossas melhores universidades;
- usam drogas lícitas ou ilícitas;
- ao invés de lutar pela melhora efetiva do ensino público, simplesmente colocam os filhos numa escola particular, já que podem pagar;
- usam o carro para ir até a padaria da esquina, contribuindo para o aumento da poluição e do trânsito;
- param em fila dupla;
- tentam sempre tirar vantagem (o famoso "jeitinho brasileiro");
- furam a fila, na maior cara dura (fila de carros também é fila!);
- dirigem após beber;
- agridem ou até matam outras pessoas por serem "diferentes" delas;
- daqui a pouco, estarão torcendo para o Brasil ganhar a Copa das Confederações e depois a Copa do Mundo, se esquecendo de que um dos motivos dos protestos são os investimentos absurdos nos estádios, e não em escolas, hospitais, transporte..

Tenho medo de que, em vez de ter "acordado", o Brasil simplesmente entre no sonho de que basta juntar alguns milhares de pessoas em algumas cidades do país durante alguns dias e tudo vai se resolver. Vamos mudar de fato, incluindo atitudes simples que qualquer um pode fazer?

VEJA MAIS:

domingo, 16 de junho de 2013

Festa Junina

Domingo, dia 09/06, foi a já tradicional festa junina da escola da Gabi, na Rosas de Ouro.
Este ano, todas as meninas da turma da Gabi estavam vestidas de noivinhas. Lindas!

O vestidinho que a Luísa usou em sua primeira Festa Junina não coube na Ísis, pois a Luísa era mais novinha nesta época do ano. Eu já tinha comprado um vestido para a Ísis pela Internet, quando a minha amiga Débora me emprestou o vestidinho da Juju, lindo! Coloquei este vestido na Ísis no dia da festa da Gabi. Não ficou uma gracinha?


E aqui estão as fotos deste final de semana, na festa da escola da Luísa e da Ísis. As meninas estavam muito lindas, mais uma vez! 
A turma da Ísis dançou aquela música "O balão vai subindo, vai caindo a garoa (...)". A Ísis era a caçulinha, ficou no colo da Tia Mônica, muito feliz, batendo palmas e se balançando. 
A turma da Luísa cantou e dançou "Capelinha de melão". Eu consegui gravar a Luísa cantando a música inteirinha (em casa, claro!), uma graça! Na hora H, a Luísa até subiu no palco, mas ficou lá, parada e com um bico enorme! No dia seguinte, quando eu contava que a Luísa tinha dançado festa junina, ela me corrigia: "Não, mamãe, eu não quis dançar, eu fiquei parada!". 







quarta-feira, 5 de junho de 2013

Oração da Serenidade

Coloquei o início desta oração na parede do corredor de minha casa, em adesivo, para que sempre me recorde dela...

Concedei-me, Senhor,
a serenidade necessária para aceitar as coisas que eu não posso modificar,
a coragem para modificar aquelas que estão ao meu alcance
e a sabedoria para distinguir uma da outra,
vivendo um dia de cada vez,
desfrutando um momento de cada vez,
aceitando as dificuldades como um caminho para alcançar a paz,
considerando o mundo como ele é e não como eu gostaria que ele fosse,
confiando em Deus para endireitar todas as coisas
para que eu possa ser moderadamente feliz nesta vida
e sumamente feliz contigo na eternidade. 

Reinhold Niebuhr (1892-1971), teólogo americano

quarta-feira, 29 de maio de 2013

Tecla SAP...

TOntem a Luísa chegou da escola e, como sempre, ofereci uma fruta e ela respondeu:
- "Não, mamãe. Eu quero suco de pêssego!"

Devo confessar que a palavra pronunciada assim, tão direitinho, "pêssego", me deixou um pouco triste. Ela falava "pego"... não conseguia pronunciar corretamente a palavra até bem pouco tempo atrás! Ela sabia que não era o certo, mas não conseguia falar de outra forma, dizia que "a mamãe fala 'pegos', eu falo 'pego'".... Ai, como me arrependo de não ter registrado em áudio ou vídeo!

O aprendizado da fala tem estes efeitos colaterais: fazem desaparecer as palavrinhas fofas, com o jeitinho especial de nossa bebê, fazendo-nos perder uma das grandes diversões desta fase. E a gente assim, de repente, percebe que o tempo voou e que nossa bebê cresceu...que já é uma "menina moça", como ela mesma se intitula!

De uns tempos pra cá, a Lulu aprendeu a dizer várias palavras corretamente.
No começo, eu brincava que ela escolhia um som e seguia fiel a ele... Falava "nanana" (banana), "cacaco" (macaco), "tatata" (batata)... Depois trocava algumas letras e suprimia outras:  "paquinho" (parquinho), "pama" (cama), "tasa" (casa), "Pomas" (Thomas, a locomotiva), "Bany" (Barney), "quelo" (quero)...
E havia ainda as nossas preferidas, que não tinham muito a ver com a original... Cobertor era "detô", depois virou "bedetô", se transformou em "biguitô" e agora é "cobertor", assim... sem graça mesmo!

É claro que ainda nos restam algumas palavrinhas erradas, para saborear, como "béquiads" (Backyardigans), "xilingui" (sling)...
Mas as palavrinhas erradas estão rareando a cada dia. É uma delícia vê-la ampliar o vocabulário, mas realmente dá saudade das fofurices inventadas!

sábado, 25 de maio de 2013

Nova Geração

Hoje tivemos um encontro maravilhoso lá em casa. A minha amiga Alice e sua família estão no Brasil (eles moram no Canadá) e aproveitamos para reunir nossa turminha de ex-Praticantes de Informática do Banco Real: eu, Débora, Serginho e Alice. Nos conhecemos desde 1996 (16 anos, metade de nossas vidas!) e os laços de amizade ainda são muito fortes.
A fotinho, super difícil de registrar, mostra os nossos tesouros!
Júlia, Daniel, Gabriel, Ísis e Luísa

Ísis, 8 meses



A nossa caçulinha completou 8 meses! 

Ela está muito fofa e esperta, sempre trazendo muitas alegrias para a nossa família!
Sou muito grata a Deus pelas lindas princesas que nos deu de presente.

Parabéns, Zizi!!!

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Primeira Excursão


Sempre tive consciência de que criamos os filhos para o mundo... Ter filhos é uma dádiva, uma imensa alegria, mas traz grande responsabilidade!

A Luísa está com 2 anos e 5 meses.
Recebemos um bilhetinho da escola, avisando que haveria uma excursão para assistir ao Musical "Mônica e Cebolinha no mundo de Romeu e Julieta". Não achei que este momento chegaria tão cedo... rs!

Ficamos aguardando, para ver se a Luísa diria alguma coisa sobre a excursão, achando que ainda era muito cedo para deixá-la ir. A mãe de um dos amiguinhos (Daniela, mãe do Vitor) me escreveu perguntando se eu enviaria a Luísa na excursão e eu disse que provavelmente, não. Ela disse que também achava muito cedo...
Na correria, acabei não pensando mais no assunto.

No dia da excursão, a Ísis estava meio doentinha. Eu havia combinado de levá-la em consulta à pediatra. Eu e o Luis fomos juntos levar a Luísa à escola e explicamos que a irmãzinha não iria ficar ainda, pois iria ao médico. Ela falou, tranquilamente:
- "Tudo bem! Hoje eu vou ver a Mônica..."
Na hora, eu gelei... Troquei um olhar desesperado com o Luis...
Havia um cartaz na porta da escola, com informações sobre o passeio. Eu tentei explorar um pouco mais, para ver se ela realmente sabia do que se tratava. Perguntei onde que ela iria ver a Mônica... e ela respondeu:
- "Vou no teatro com a Helena e com a Lalá!"
Entrei na escola e fui procurar a professora dela. Expliquei que não enviaríamos a Luísa à excursão, mas que ela estava falando sobre o passeio. Pedi para que ela dissesse que a mamãe e o papai iam levá-la ao teatro, junto com a Ísis, que hoje ela não iria...
Estava saindo, quando chega um outro amiguinho da Luísa, o Flávio, todo animado, dizendo que era dia da excursão. Estes 3 (Helena, Larissa e Flávio) têm irmãos mais velhos, são caçulas... e, por conta disso, seus pais já são mais descolados!
Conversei com o Luis e entrei novamente na escola, correndo, para acertar os detalhes (autorização, uniforme, ingressos, etc.) para que a Luísa também pudesse ir ao teatro. Depois avisei a mãe do Vitor, que também conseguiu mandá-lo...
No final do dia, fiquei super feliz por termos tomado a decisão de enviá-la em sua primeira excursão. Os 5 amiguinhos estavam suuuuuper animados, contando os detalhes sobre o passeio, dizendo que andaram de ônibus, que lancharam no caminho, que viram a Mônica, .... Fiquei sabendo que a Luísa dormiu durante quase a peça inteira, mas acho que ela nem ligou para isso!


Veja mais:
* Revista Crescer - 8 dicas para ficar tranquilo na hora do passeio escolar.

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Gravata...

Luke, com sua gravata de ano novo!
Estávamos no carro... Eu cantava com a Luísa uma das músicas da Palavra Cantada que ela adora (e eu também!): "O Caramujo e a Saúva". Em um trecho, fala do canguru com 3 gravatas...

Participativo, o Luis pergunta para a Luísa:
- "Quem usa gravata - a mamãe ou o papai?"
E a Luísa responde, nos surpreendendo mais uma vez:
- "O Luke!".... =)

Ultimamente, o Luis não tem mais usado gravata para ir ao trabalho (finalmente, parece que os brasileiros entenderam que a gravata não combina com nosso clima!).
Em contrapartida, os nossos cachorrinhos, Luke e Anakin, toda semana voltam para casa do Pet Shop enfeitados com gravatinhas coloridas e temáticas... =)
É, garota esperta!!!
 

domingo, 12 de maio de 2013

Dia das Mães...

Homenagem da Luísa (2 anos e 5 meses) e da Ísis (7 meses) para a mamãe... como se eu ainda precisasse de presente, além das minhas princesas!
A Luísa está ensaiando na escola... Ela disse que fez um coração e que vai cantar "Como é grande o meu amor por você", na festa que será no próximo sábado. Eu pedi que ela cantasse pra mim, mas ela disse que é surpresa... ;)
Feliz dia das mães!



Mamães da família...

E esta família cada vez aumenta mais... este ano, temos a Letícia na barriga da Lili... =)


Para minha mãe....


sexta-feira, 10 de maio de 2013

Ísis, Jumperoo (7 meses)

Uma ótima alternativa para o polêmico andador, o Jumperoo da Fisher-Price é uma graça!
Ele ocupa um super espaço, mas a Ísis está se divertindo demais... Vejam só a folia da pequenina!
A Ísis também está muito tagarela!! Uma fofa!

 

A Luísa usou andador... Uma amiga minha emprestou e eu usei algumas vezes com a Luísa, mas sempre sob supervisão e nunca por muito tempo. Ela curtia o brinquedo... A Lulu também usou bastante aquele modelo de empurrar, mesmo depois de começar a andar, ela curtia bastante!
Agora a Sociedade Brasileira de Pediatria está recomendando que o andador deixe de ser utilizado, por conta dos inúmeros acidentes que ocasiona. Vejam abaixo...



Veja mais:


terça-feira, 7 de maio de 2013

8 anos...




NEOQEAV, Luis!

Muito obrigada por estes 8 anos de casamento, pelos melhores presentes que ganhei na vida: nossas filhas lindas... e por estes mais de 14 anos de amizade!

Te amo demais!!!!

sexta-feira, 3 de maio de 2013

Luísa, cantando para a irmãzinha

É incrível como a Luísa desenvolveu bem a linguagem nos últimos meses. Vejam só que fofa!

Luísa, 2 anos e 4 meses, cantando para a irmãzinha Ísis, 6 meses.
Músicas: Caranguejo não é peixe.... Barney.... Piuí-abacaxi.

segunda-feira, 22 de abril de 2013

Oração de São Francisco de Assis

Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz.
Onde houver ódio, que eu leve o amor;
Onde houver ofensa, que eu leve o perdão;
Onde houver discórdia, que eu leve a união;
Onde houver dúvida, que eu leve a fé;
Onde houver erro, que eu leve a verdade;
Onde houver desespero, que eu leve a esperança;
Onde houver tristeza, que eu leve a alegria;
Onde houver trevas, que eu leve a luz.

Ó Mestre, Fazei que eu procure mais
consolar, que ser consolado;
compreender, que ser compreendido;
amar, que ser amado.

Pois, é dando que se recebe,
é perdoando que se é perdoado,
e é morrendo que se vive para a vida eterna.

sexta-feira, 19 de abril de 2013

Vamos brincar de índio!


A Luisinha chegou toda animada hoje, pintada de indiazinha, com sua peteca!
Ela veio cantando a música da Xuxa, da minha infância:

"Vamos brincar de índio
Mas sem mocinho pra me pegar...
Venha pra minha tribo
Eu sou cacique, você é meu par...
Índio fazer barulho
Índio ter seu orgulho
Vem pintar a pele para a dança começar

Pego meu arco e flecha
Minha canoa e vou pescar
Vamos fazer fogueira
Comer do fruto que a terra dá
Índio fazer barulho
Índio ter seu orgulho
Índio quer apito
Mas também sabe gritar

Índio não faz mais lutas
Índio não faz guerra
Índio já foi um dia
O dono dessa terra
Índio ficou sozinho
Índio querer carinho
Índio querer de volta a sua paz"

sábado, 13 de abril de 2013

Monstros S.A.

Hoje fomos assistir ao Monstros S.A., no Teatro Juca Chaves.
A Luísa está curtindo muito o desenho agora - adora a Boo!
Desta vez, foi toda a família e também a minha amiga Fernanda e sua linda filha Natália, poucos meses mais velha que a Luísa.




Luísa e Sully... Dentinhos de Luke!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...