Boas-vindas e Contadores

Este Blog já está em sua terceira versão! Aqui eu me sinto à vontade para ser eu mesma e escrever sobre qualquer coisa que povoe a minha mente. É onde eu desabafo, reflito, compartilho experiências e descobertas, mantenho registro de momentos felizes e de desafios superados, guardo um arsenal de boas memórias, pensamentos e reflexões para me ajudarem nos dias difíceis... Sejam bem-vindos e não pisem na grama, rs... Ah! Se quiser trocar ideias e compartilhar experiências, visite a Página no Facebook, que é uma extensão deste Blog (e acho que os recursos são melhores para todo mundo acompanhar e palpitar)!

domingo, 30 de setembro de 2012

Luísa e Ísis

Mãe pela segunda vez, já não tinha as mesmas preocupações e expectativas com relação à gravidez, ao parto, aos cuidados com o recém-nascido... Em contrapartida, desde que descobri que estava grávida e calculei a diferença de idade (1 ano e 10 meses), fiquei apreensiva com relação ao comportamento da Luísa com a chegada de uma nova bebê. 

Por mais independente que já esteja, a Luísa ainda é uma criança pequena. Ela adora o nosso colo (eu a carreguei no colo até na sala de espera da Maternidade!) e está acostumada a ser o centro das atenções. 
É claro que nada muda o amor que sentimos por ela... este é incondicional! Mas o fato é que um bebê demanda muito cuidado e ocupa bastante o nosso tempo. Além disso, sabia que faria uma cesárea e ainda me lembrava das dores do pós parto... 

A Luísa estava na Maternidade conosco, no dia em que recebemos mais um presente de Deus: a pequena Ísis. Ela ficou lá, no colo da vovó Neide, atenta à janela do Centro Cirúrgico. Quando a janela se tornou transparente, anunciando que a bebê já tinha nascido, sua primeira reação foi gritar "Olha a mamãe!". Ela não reconheceu o pai, em princípio, por conta da máscara e toda a paramentação. Depois, com as devidas explicações, foi entendendo o que estava acontecendo e não parava de repetir: "A Ísis chegou... O papai segurou!" e perguntava "Cadê o meu presente?" (a gente havia dito que a Ísis ia trazer um presente para ela). 

Quando voltei para o quarto, após recuperação do parto, a Luísa estava dormindo no colo da vovó. Ela despertou um pouco antes de minha mãe e irmãs irem embora e pôde se despedir de nós. Ela dormiu na casa da vovó Neide, com o Matheus, neste dia e no dia seguinte. Havíamos planejado de buscá-la para ficar conosco no Hospital no dia seguinte, mas a situação estava complicada com a Ísis na UTI, sendo que o acesso era restrito e em horários determinados.
Ela veio nos ver na quinta-feira à tarde. No final do dia, a Ísis recebeu alta da UTI e a Luísa pôde vê-la de perto pela primeira vez. Foi muito lindo ver a alegria estampada nos olhinhos dela. Minhas tias e alguns amigos estavam nos visitando e, quando alguém pegava a bebê no colo, a Luísa dizia: "Não, é da mamãe!"

As fotos abaixo foram tiradas em nossa casa, no primeiro final de semana com a Ísis. A Luísa está muito apaixonada pela irmãzinha! Ela sobe no braço da poltrona para ver dentro do berço, fica pedindo o tempo todo para segurá-la no colo, quer apertar, abraçar... dá até um pouquinho de medo (a gente fala que a bebê é pequenininha, delicada, para tomar cuidado!)
Desejo que as minhas filhas sejam grandes amigas, para a vida inteira! 





Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...